Correção de Estrabismo
Agende sua consulta online.
É rapido e fácil! Quero agendar

O estrabismo corresponde à perda do paralelismo entre os olhos. Existem três formas de estrabismo, o mais comum é o convergente (desvio de um dos olhos para dentro), mas podem ser também divergentes (desvio para fora) ou verticais (um olho fica mais alto ou mais baixo do que o outro).

Podem-se apresentar de três maneiras:

Concomitantes: O desvio de um dos olhos é permanentemente observado. Podem ser monoculares quando apenas um se desvia e alternados quando ora é um olho ora é outro.

Intermitentes: Ora os olhos estão alinhados e ora há desvio. Mais frequente nos divergentes.

Latentes: Só é possível verificar com testes oculares.

O estrabismo é corrigido com óculos ou cirurgia. O protetor ocular ou oclusor visa o tratamento ou a prevenção da ambliopia, não interferindo no desvio. Esses procedimentos são realizados pelo médico oftalmológico. Opera-se o estrabismo que não é corrigido com óculos ou a parte que os óculos não conseguem corrigir. O estrabismo que se corrige com óculos é chamado de acomodativo e está relacionado, em geral, à necessidade de correção do grau de hipermetropia. Pelas implicações de perda de visão, bem como pela possibilidade de ser manifestação de outras doenças, os pacientes com estrabismo devem ser examinados por um oftalmologista se houver suspeita de desvio ocular.